IV EMDS - ENCONTRO DOS MUNICÍPIOS COM O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

O IV EMDS – Encontro de Municípios para o Desenvolvimento Sustentável foi realizado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), durante os dias de 24 a 28 de abril de 2017, no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, Distrito Federal.

O evento reuniu prefeitas e prefeitos de todo o país, além de ministros, parlamentares, secretários municipais e estaduais, pesquisadores, estudantes e integrantes de delegações estrangeiras, atingindo um público de mais de 8.700 participantes dos 26 estados e do Distrito Federal durante os cinco dias de programação.

PARTNERS IV EMDS (ODS-17):

fnp2

O EMDS – Encontro de Municípios com o Desenvolvimento Sustentável é o maior encontro de sustentabilidade do país e é organizado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE)  e a FNP. O INCT foi contratado para assessorar a FNP na implantação do SGGEE – Sistema de Gestão de Gases de Efeito Estufa o que gerou o ACT Atestado de Capacidade Técnica pela eficiência e qualidade nos serviços prestados pelo INCT.

“PENSE E COMPENSE” a metodologia do INCT de Notória Especialização e de Natureza Singular, consagrada internacionalmente, entrega soluções sustentáveis em gestão de gases de efeito estufa GEE Turnkey (chave na mão) e  consiste em análise e acompanhamento das emissões de GEE desde a fase de concepção do evento e todo o processo de organização (pré-evento), estruturação das equipes de coleta e compilação dos dados durante o evento e desfazimento ou desmontagem do evento até o processo final de plano de adaptação/mitigação e a compensação das emissões de todas as fases que um evento de grande porte como este produz.

1. PLANO DE ADAPTAÇÃO/MITIGAÇÃO DAS EMISSÕES DE GEE DO IV EMDS

O INCT desenvolveu para o IV EMDS Planos de Adaptação e Mitigação do impacto que resultaram em iniciativas positivas nos seguintes segmentos:

a. Matriz energética:

  • Substituição dos geradores à combustão a diesel pela compra de energia elétrica da concessionária do Sistema Interligado Nacional (SIN);
  • Caso não haja opção, escolha de geradores que suportam a utilização de óleo diesel S10 ou substituição do S10 por óleo 100% biodiesel no seu funcionamento;
  • Intensificar o uso de energia renovável, como energia solar;
  • Priorizar o uso de lâmpadas economizadoras de energia como LED.

b. Combustíveis fósseis:

  • Substituição do diesel em biodiesel nos caminhões utilizados para a montagem e desmontagem do evento a ser pactuada com os fornecedores incorporando esta política no processo de compra de produtos e serviços dos eventos da FNP;
  • Propor à parceira UBER a implementação da modalidade Uber POOL para os futuros eventos em Brasília a fim de diminuir a emissão de GEE por participante;
  • Intensificar a divulgação do plano de mobilidade do evento. Apenas 1,5% da amostra do público feita pelo INCT informou ter utilizado do transporte disponibilizado pela organizadora (ônibus elétrico).

2. COMPENSAÇÃO DAS EMISSÕES DE GEE DO IV EMDS

A compensação das emissões de GEE do IV EMDS contribui efetivamente com a integração do Ciclo do Carbono com foco no TBL – Triplo Botton Line (ambiental, social e o econômico), quando o seu legado alcançou o social por meio das comunidades vulneráveis, e foi isso que o EMDS proporcionou quando efetuou a compensação em Áreas de Assentamentos na região de recarga de aquífero do Distrito Federal, região do no Pipiripal em ACT – Acordo de Cooperação Técnica com a Associação dos Produtores Rurais do Alto São Bartolomeu – APROSPERA, para fortalecer pequenos produtores rurais que desenvolvem SAF´s – Sistemas Agroflorestais.

Desta forma o INCT fecha o Ciclo do Carbono além de colaborar com a preservação e conservação do meio ambiente, sobretudo colabora com comunidades de pequenos produtores rurais que produzem alimentos orgânicos e assim todos ganham.

Outro legado importante foi a conscientização dos gestores da FNP – Frente Nacional dos Prefeitos que participaram efetivamente dos plantios de mudas nativas e frutíferas em SAF´s – Sistemas Agroflorestais em propriedades de pequenos produtores rurais da APROSPERA conforme as fotos a seguir:

INTEGRANTES DO INCT, FNP – FRENTE NACIONAL DOS PREFEITOS E APROSPERA

3. Entrega do Certificado e Selo “EVENTO CARBONO ZERO” ao Secretário Executivo da FNP - Sr. Gilberto Perre.

4. ACT - ATESTADO DE CAPACIDADE TÉCNICA EMITIDA PELA FNP AO INCT